Road Trip: Las Vegas

Em 24.07.2016   Arquivado em Por aí

Estou tão feliz que com a resposta de vocês ao último post sobre a minha road trip que resolvi postar a segunda parte desta aventura o mais rápido que pude! E acreditem ou não, a parte mais sofrência foi, de novo, escolher poucas fotos. É CLARO que a parte do “poucas fotos” não foi realizada com sucesso. Mas eu me refiro mesmo às fotos que realmente ficara, boas, porque muitas delas foram tiradas no escuro.

A informação sobre “fotos no escuro” foi só pra dar a dica de que o nosso segundo destino tem muito mais vida noturna no que diurna. Já sabem de onde estou falando, né? VEEEEEGAAAAAAS!

Foram oito horas de viagem de San Francisco a Las Vegas. Oito horas que nos renderam infinitos rodízios de motorista, infinitas músicas, infinitas risadas e infinitas fotos do deserto. Eu fiquei muito animada por estar cruzando aquelas estradas que a gente cansa de ver em filme, com cactos e postos de gasolina no meio do nada!

A viagem de carro é só um spoiler do que é a tão esperada Las Vegas. Pegamos uma temperatura de 40º na escala Celsius nas três noites que passamos lá! Achei que fosse derreter, de verdade! A má notícia é que a água encanada de Vegas tem um gosto horrível! (Pra quem não sabe, a água encanada dos States é realmente potável e “bebível”) Foi um choque muito grande aceitar isso. A boa notícia é que tudo é bem barato (pasmem), e encontramos uma lojinha perto do nosso hotel que vendia duas garrafinhas de água por $1.00 sem impostos! Tudo é realmente bem barato em Las Vegas! Desde hoteis, comida, roupas e souvenires. Isso porque a única preocupação daquela cidade estratégica e maravilhosamente projetada é que seus visitantes gastem em cassinos.

Isso é bem “contraditório”, né? Quero dizer… Quando você pensa em Las Vegas, logo pensa no luxo e no quanto tudo deve ser caro. E foi bem o contrário! De todas as nossas estadias, Vegas foi o lugar mais barato! E fora isso, preciso dizer com todas as letras o quanto essa cidade é maravilhosa dos pés a cabeça. Tudo é impressionantemente muito bem pensado para os turistas. Nem dá pra acreditar que toda aqueça grandiosidade foi construída no meio do nada!

Pois bem! Logo na primeira noite fomos em uma balada INCRÍVEL. Foi a melhor da minha vida, sem brincadeira! Aliás, vocês mesmos poderão julgar as minhas palavras pelas fotos do post. Assim como NYC, as baladas de Las Vegas também se promovem convidando pessoas de graça, o que claro, fez as au poors pairs irem ao delírio, riri. Quem acompanha meu instagram deve ter achado que eu sou a ryca, phyna do rolê, mas não se iludam!

Nessas três noites que passamos em Vegas também fizemos uma pequena viagem de quatro horas até o Arizona para conhecer o Grand Canyon e cruzar a famosa Rota 66. Preparem os corações para essas fotinhos ma-ra-vi-lho-sas.

Ok, já falei demais! Quero ibagens, comandante Hamilton!

Pra quem achou que a primeira foto em Vegas seria na famosa plaquinha de “Welcome to fabulous Las Vegas”, sinto decepcionar… Pois as primeiras ibagens serão da minha fabulosa noite. Afinal de contas, “What happens in Vegas…”

 

“Stays in Vegas”! E aí? Menti sobre a balada mais incrível dos últimos tempos? Fechemos essa sessão com uma foto de baixíssima qualidade minha com as migas na piscina marota e sem comentários, né?

Quem disse que nunca fui à Paris?

Uma curiosidade (que talvez não seja curiosidade pra vocês, mas foi pra mim), é que é possível entrar em todos os hoteis, porque é neles que a maioria dos cassinos se encontram. E por esse motivos, os hoteis são atrações, e eles aproveitam isso para criar mais e mais atividades para o turistas, como aquários, shoppings e mais um tantão de outras coisas que super valeu à pena ver!

  

Senhoras e senhores… O Grand Canyon \o/

Ê, meu Brasil. O lugar do qual aprendi a ter tanto orgulho! <3

Pronto, só pra não deixar vocês desapontados, uma fotinho na placa de Las Vegas com as girls mais maravilhosas do mundo <3

Eu saio de New York, mas New York não sai de mim <3

Ufa! Acho que dá pra encerrar esse post, nénão? Espero que não tenho se cansado! Gostaram da segunda parte da minha road trip? <3

Road Trip: San Francisco

Em 20.07.2016   Arquivado em Por aí

Ois, muitos ois bem animados de quem fez a melhor road trip da VIDA! Pra quem segue a página do blog, viu que eu dei vários spoilers da minha viagem com mais quatro amigas cruzando três estados: Califórnia, Nevada e Arizona.

Eu já estou de volta, mas a minha cabeça ainda está nas nuvens, perdidas nas fotos mais maravilhosas que tiramos! Um lugar foi mais maravilhoso do que o outro e eu só queria poder ter um controle remoto para poder reviver cada momento da viagem!

E é claro que pensei que essa experiência deveria ser mais do que compartilhada com os meus leitores, e até mesmo como um registro pessoal do que foi essa aventura que ficará pra sempre em meu coração.

Como tiramos mais de 4.000 fotos (sem exageros), resolvi fazer os posts divididos por local. E calma, não morram! Eu separei “poucas” fotos, senão vocês iam ficar descendo a barra de rolagem até o próximo milênio.

 

Certo. Nossa primeira parada foi a adorada e bela San Francisco. Me apaixonei por essa cidade logo que chegamos. As casinhas nas ladeiras parecem até de mentira! Parecem todas terem saído de filmes. E a vizinhança próxima da praia me lembrou MUITO o Brasil, não sei por que. Os moradores locais são SUPER simpáticos e calorosos, bem diferente da correria e falta de interesse dos new yorkers! São super tranquilos e de bom humor. Fomos muito bem tratadas por onde passamos. <3

Bom, chega de blablabla, nénom? Vamos ao que interessa!

Parece estúpido, mas eu estava super ansiosa para subir as famosas ladeiras de San Francisco! Sempre ouvi falar tanto disso! E o pior é que não escutei exageros, não. Haviam ruas que achávamos que o carro não ia conseguir subir! Hahahaha

PAUSA DRAMÁTICA. Alguém, por algum acaso, reconheceu essa casinha? Quem era fã de Full House (Três É Demais), deve até ter deixado uma lágrima cair, aposto. Foi MUITO emocionante ver essa casa de perto! (e bem irritante para os moradores atuais… Imagina sua casa sendo fotografada 24h por dia!?)

Gostei tanto dessa fotinho! Ficou bem cara da abertura de Full House e mereceu um espacinho especial aqui <3

Ok, essa foto poderia ter sido ignorada, mas eu gosto de passar vergonha ~sqn~

 

Esse é o melhor grupo de viagens da VIDA, licença. “BITCH, WHERE?” (piada interna :x)

Preparem-se, porque aqui começa a sessão em que acho que sou modelo com a Golden Gate Bridge de cenário. A paisagem acaba mexendo com a nossa mente, sério.

San Francisco possui muitos cenários icônicos. Quem nunca correu da polícia no GTA por essa rua? Hahahaha tivemos a sorte de vê-la toda floridinha! *-* e sim, japoneses sendo japoneses fazendo pose ali na faixa de pedestres hahahaha

Vista do topo!

Combo achando que estão fazendo pose pra capa de CD

Carossel do famoso Píer 39 <3

E pra fechar com chave de diamantes, esse pôr-do-sol maravilhoso e indescritível

E aí? O que acharam da primeira parte da minha aventurinha? Aguardem os próximos capítulos posts! <3

Um rolê por New York #6

Em 07.07.2016   Arquivado em Por aí

Tá demorando, mas calma lá, soldado. Deus não criou o mundo em um único dia… Que dirá eu organizar o blog e colocar todas as fotos do meu intercâmbio em dia, não é mesmo? ~ba dum tss~ Ok, não foi engraçado.

Muito que bem, gentis! As fotos desse post aqui são de novembro a janeiro. É claro que tem uma infinidade muito maior de fotos que eu tirei durante os três meses (porque sim, eu sou a louca das foto tudo), mas justamente por ser uma infinidade, eu acabei selecionando apenas algumas. Foi com muita dor no coração, mas acreditem! É um favor que faço a vocês.

Preparem o coração <3

 with kk1 preset

Todas essas fotinhos foram tiradas na virada barra Ano Novo! A Times Square estava cercada e só quem chegou antes das 6pm pôde ter acesso aos shows e à muvuca. Eu não consegui, então acabei passando o Ano Novo no Central Park! E ah, não tem fotos dos fogos por motivos de: Ano Novo nos States é muito “bleh”. São 15/10 minutos de fogos e cabou. Vai todo mundo pra casa. Fim. Mas valeu a experiência <3

Passei o resto do feriado em Wantagh, onde a Ana, do canal Agora Virei Gringa, morava. Aproveitamos pra ir ao Park Marina da cidade pra ter aquela vista maravilhosa do pôr do sol! No dia seguinte decidimos visitar uma cidade vizinha e mega aterrorizante: Amityville! Quem é fã de filme de terror, sabe que a cidade é cenário de um dos clássicos do cinema. Aliás, a história e a casa onde aconteceu os paranauês são reais! Alguém reconheceu o lago creepy? 

LADIES AND GENTLEMEN! Pausa dramática para as minhas PRIMEIRAS FOTOS DA NEVE. Pena que não filmei a minha reação, porque eu parecia uma retardada. Ou melhor: AINDA BEM QUE NÃO FILMEI. Já bastou a piada que eu fui para as kids aqui de casa… Mas ai <3

Ok, as fotos acima poderiam ter sido excluídas da minha seleção, mas não foram por motivos de: eu não quis. RIRI foi um dia aleatório no qual eu saí para ler meu livrinho num parque maior lindo que tem perto de casa. E essa fofurice ali acima foi o Levi, o menino mais novo da minha host family quem fez! Incluiu meu nominho na família! Aí quis mostrar pro mundo, licença.

Não queriam neve? TOME NEVE! As primeiras fotinhos são do dia que eu e a Ana inventamos de ver a neve no Central Park. Resultado: pensamos que nossos pés fossem gangrenar! Mas sobrevivemos.

        with p5 preset

A aventura da vez com a Ana, minha eterna parceira de loucuras, foi para Montauk! Eu tinha o sonho MALUCO de visitar essa praia no inverno porque é nessa mesma estação em que a praia é cenário do filme “Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças”. E apesar do frio de morrer, eu não me arrependi nem um pouquinho <3

IMG_6479 IMG_6505

Pra fechar esse post gigantesco e bem Frozen, minha viagenzinha com a host family para esquiar na cidade de Woodstock, no estado de Vermont. BRRR <3

Sei que demorei, mas valeu à pena, vai? Gostaram?

Um rolê por New York #5

Em 19.03.2016   Arquivado em Por aí

Eita, que eu vim tirar a teia desse blog de uma vez, minha gente! Não priemos cânico, juro que não fiz aquele post pra sumir de novo. Agora que as coisas estão voltandinho nos eixos, resolvi dar aquela avaliada nas fotos dos últimos meses que eu deveria ter postado aqui, mas NÉ?

A verdade é que eu fiz vááários passeios em parques e outros sposts super legais, mas atrasei tanto os posts que não sei se valeria à pena postar tudo. Então decidi fazer um compilado dos melhores cliques que dei por aí. É CLARO que ainda existem outras mais e vou retomar a coisa toda aos pouquinhos, pinky promise! E se caaaso vocês queiram que eu poste os passeios na íntegra, separadinhos… É só fazer aquele coment fofo ou entrar em contato comigo como muitos fizeram na minha ausência! Aliás, obrigada pelo carinho *-*

Ok, agora CHEGA de papo, vou mostrar por onde eu andei nesses dois meses. Aliás… Muitos cliques são de outubro, dos meados dos Dias das Bruxas, riri. 😡

IMG_1219 IMG_1360

PS1: Aí você vai no mercado no mês de outubro e.. Opa! O_O

IMG_1375 IMG_1481 IMG_1515 IMG_1567 IMG_1721

IMG_1727 IMG_1764

PS2: AAAI, o outono! O inverno sempre foi a minha estação favorita… Mas o outono nos USA, gente… Indescritível. Como bem podem ver, o que eu mais fiz nessa estação foi ir aos parques mais lindos da vida, haha

IMG_2089 IMG_2166 IMG_2167 IMG_2182 IMG_2200 IMG_2212 IMG_2214 IMG_2219

IMG_2229 IMG_2231 IMG_2238 IMG_2333 IMG_2347

IMG_2420 IMG_2917 IMG_3440 IMG_3867 IMG_3874

IMG_3889 IMG_3916 IMG_3939

PS3: Uma das minhas fotos favoritas da vida. New York in blue <3

IMG_3995 IMG_4175

IMG_4179 IMG_4180 IMG_4293

PS4: Uma fotinho pra ilustrar o meu Natal, que aliás, foi maravilhoso! Passei na casa da minha miga mais linda, Ana, do canal Agora Virei Gringa. Saudades, guria :'(

IMG_4428 IMG_4435

IMG_4438 IMG_4447 IMG_4450 IMG_4454

Overdose de fotos aleatórias, EU SEI. Mas juro juradinho que se quiserem posts foficos mostrando spots específicos, eu faço. Vocês decidem, munamures. <3

Sampa Tour: Edifício Martinelli

Em 30.06.2015   Arquivado em Por aí

DivEdificioMartinelli

Olá, pessoar!

Hoje resolvi dividir um pouquinho dos rolês que venho fazendo. Esse ano eu e meu namorado decidimos fazer um Sampa Tour. Oi?

É. Nós moramos em São Bernardo do Campo, a 40 minutos de São Paulo, o que significa que estamos mas não estamos em São Paulo. Em 40 minutos nós também chegamos a muitos lugares em São Bernardo, pois a cidade aqui é grande. Sei que não é, mas nos sentimos parte da cidade de São Paulo porque a distância é mínima.

Enfim, a coisa é o seguinte… Assim como metade do universo, queremos conhecer vários países, rodar o mundo, aquela coisa toda. Mas nos veio a seguinte questão: Como queremos conhecer o mundo se não conhecemos nem a nossa cidade direito? Pois é! Por isso, decidimos que realizaríamos um tour de mais ou menos 30 lugares diferentes para conhecermos em São Paulo. E ADIVINHA! Vai ter tudo documentado no brógui, porque sim!

Explicada a bagaça, vou apresentar o nosso primeiro rolê do “Sampa Tour”: Edifício Martinelli.

A foto que tirei da fachada não ficou legal, então decidi usar essa pra vocês verem melhor. Créditos: José Cordeiro / SPTURIS.

A foto que tirei da fachada não ficou legal, então decidi usar essa pra vocês verem melhor. Créditos: José Cordeiro / SPTURIS.

Vou resumir um pouquinho da história do prédio porque né…

Em 1889, o italiano Giuseppe Martinelli imigrou para o Brasil, com um sonho muito comum entre todos os imigrantes que chegavam aqui: prosperar. Em pouco mais de duas décadas ele construiu um bom império.

O Comendador Martinelli simplesmente se apaixonou por São Paulo e viu na cidade um futuro, e para deixar a sua marca, decidiu erguer o Edifício Martinelli, o arranha-céu mais alto da América do Sul.

Foi uma polêmica, na época, pois São Paulo não havia nenhum prédio daquele tamanho todo. Os prédios da cidade tinham, no máximo, 5 andares. Martinelli alcançou 25 andares. Não satisfeito e incomodado com os boatos de que a construção cederia, decidiu construir sua própria mansão EM CIMA DO PRÉDIO, aumentando em mais CINCO andares. Tudo isso para provar que o prédio não iria abaixo.

O prédio já passou por altos e baixos, quase foi demolido, virou cortiço, foi cenário de crimes, prostituição e assassinatos. Depois de muita degradação, foi restaurado e aberto para visitação, além de abrigar algumas repartições públicas. Se quiser saber mais sobre a história, clique aqui. O Edifício Martinelli também possui várias lendas, entre elas a de ser mal-assombrado. Se quiser saber sobre isso, clique aqui.

Agora, chega de papo e vamos às fotos! <3

IMG_9508 IMG_9608 IMG_9611

IMG_9535 IMG_9604

 IMG_9526 IMG_9541 IMG_9543 IMG_9564

IMG_9517

IMG_9510

IMG_9585

E aí? O que acharam da história? E as fotos? Não somos fotógrafos, mas tentamos! Nesse mesmo dia fizemos um outro rolê, no Museu Catavento. Clique aqui para ver tudo o que rolou! <3

Translate »