Um rolê por New York

Em 08.09.2015   Arquivado em Por aí

DivNYC

Sei que sumi e quando postei só soube falar sobre Au Pair, Au Pair e Au Pair. Me desculpem por isso, mas como muita gente se interessou sobre o assunto e me pediu para escrever, eu o fiz. Sabe como é a democracia, né?

Enfim! Para me desculpar com a galera que queria ler sobre outras coisas, decidi juntar algumas das fotos que tirei aqui em NYC desde que cheguei! Peço desculpas, pois inicialmente não tinha pensado em postá-las aqui, então muitas delas eu tirei na vertical, então meio que ficou zuado. Mas é o que tem pra hoje, então é isso aí!

Vamos ver o que os olhinhos da Nats já viram por aqui? <3

IMG_0982

IMG_1009

IMG_1015

Processed with VSCOcam with a4 preset IMG_0998 IMG_1016

IMG_1025

PS1: Para muitos essa é uma placa comum, mas para mim, no primeiro momento, foi um sobrenome chinês. Até eu parar de ler em português e entender que “Xing” é “Crossing”. Anta.

IMG_1043  IMG_1080

IMG_1085

PS2: Artistas no Subway. Todo dia!

IMG_1087 IMG_1088 IMG_1089 IMG_1094

IMG_1097 IMG_1101 IMG_1102 IMG_1105

IMG_1115 Processed with VSCOcam with c1 preset

PS3: “Spotted: N in New York City! – I know you love me! XOXO GOSSIP GIRL”. Sim <3

IMG_1128 IMG_1129

Processed with VSCOcam with lv03 preset

IMG_1137 IMG_1144

PS4: Reconheceu essa fofura de algum lugar? SIM, é a Ana, do canal Agora Virei Gringa. <3 Pra quem não sabe, vai saber agora que somos amigas de infância da época de escola.

IMG_1157 IMG_1169

Processed with VSCOcam with c1 preset

PS5: E estamos nós turistando na Times Square quando… Giovanna Ewbank <3

IMG_1167

IMG_1173 IMG_1178 IMG_1184 IMG_1185 IMG_1188 IMG_1196 IMG_1198

IMG_1215 IMG_1219 IMG_1223 IMG_1226 Processed with VSCOcam with f2 preset

PS6: Quem se sentiu em “Todo Mundo Odeia o Chris” levanta a mão! Brooklyn <3

Processed with VSCOcam with m3 preset

IMG_1234 IMG_1235 IMG_1240 IMG_1250 IMG_1265 IMG_1269 Processed with VSCOcam with c1 preset

PS7: Comprei pra começar a decorar o meu quartinho *-*

UFA! Enchi todo mundo de foto, né? Estou desculpada agora?

O que acharam das pics? Digo… Dos lugares, porque sei que sou uma PÉSSIMA fotógrafa, ok? -.-

Resenha: Para Onde Ela Foi

Em 07.07.2015   Arquivado em Livros

paraondeelafoi

Quem leu a resenha de “Se Eu Ficar” (clique aqui para ler o post), deve estar se perguntando: “Se ela não gostou do primeiro livro, por que diabos leu o segundo?”. Pois é. Essa também foi a pergunta que ficou na minha cabeça quando comprei “Para Onde Ela Foi”. Mas é que a Nats não começa algo e não termina, é assim que funciona!

E quer saber de uma coisa? Ainda bem que eu não julguei o segundo livro pelo primeiro, porque eu realmente gostei da continuação da história.

Dessa vez, quem narra a trama é o Adam, o namorado rockeiro de Mia Hall, e tudo acontece três anos depois do acidente que matou os pais e o irmãozinho dela. E acredite ou não, muita coisa mudou.

A banda de Adam engrenou no mundo da música, o que significa que a Shooting Star alcançou o estrelato e nada em rios de dinheiro. Nada poderia estar melhor, não é? Não, porque sabem o que dizem por aí, sorte no jogo na carreira e azar no amor.

Depois de toda aquela barra pesada pela qual Mia passou física e emocionalmente, ela decidiu ir para Julliard, a universidade de música na qual ela foi aceita, que fica em Nova York. E por motivos misteriosos, Mia acaba se afastando de Adam sem nem lhe dar satisfações.

Durante esses três anos entre a separação dos dois e o caminho ao estrelato, Adam acaba se afundando na própria tristeza e na depressão, se perguntando dia após dia o que ele havia feito de errado e porque Mia havia sumido do mapa daquela maneira. Apoiado nesse sofrimento, ele meio que acaba escrevendo o CD do ano, e a Shooting Star, que até então estava em hiatos, volta com tudo e finalmente fica conhecida.

Ao longo da narração, nós vamos conhecendo o “cara” no qual Adam se tornou, seus vícios, seus arrependimentos, seus medos, seus rituais, sua vontade de voltar a ser o desconhecido moleque de Oregon…

E então, quando achamos que não tem mais como Adam ser mais depressivo, um acaso da vida acaba fazendo com que ele e Mia acabem se encontrando em meio à noite agitada da cidade de Nova York. Como será esse encontro entre o famoso rockeiro que namora uma das atrizes mais cobiçadas de Hollywood e uma musicista famosa que está a ponto de começar a sua turnê?

Os dois passam uma madrugada maluca juntos, onde Mia o leva para fazer uma “turnê de despedida” por Nova York, já que ela vai para o Japão e Adam, que mora em Los Angeles, vai iniciar uma turnê de mais de dois meses.

Será que um dia pode resolver questões que perduraram por três anos? É aí que está a chave da coisa.

Diferente do primeiro livro, a continuação me surpreendeu, porque trouxe uma trama completamente diferente, fora daquela situação de coma em que Mia fica praticamente o livro todo. Temos questionamentos mais profundos e maduros.

E eu, que durante toda essa leitura, estava odiando a Mia com todas as minhas forças, consigo finalmente compreender o que aconteceu para ela ter feito o que fez. Às vezes algumas decisões precisam ser tomadas para entendermos que precisamos estar bem com nós mesmos primeiro para depois poder fazermos bem aos outros.

Sem dúvida, Gayle Forman conseguiu reverter a minha insatisfação com a história! Indico com vontade!

Agora o que vocês têm que fazer? Hermione responde:

hermione2

Quem curtiu, aqui vai o PDF amado de todos do livro!

PDF – Para onde Ela Foi – Gayle Forman

Translate »