Quartos da ficção

Em 16.11.2015   Arquivado em Inspiração, Na tela

DivQuartos

Se tem uma coisa que eu realmente amo e nunca dei espaço aqui no blog é decoração. Na verdade, não tem muito tempo que eu descobri essa paixão. Tudo acabou acontecendo porque eu comecei a querer dar maiores descrições para as histórias, crônicas e fanfics que escrevo. Adoro colocar imagens para ambientar melhor os meus leitores.

Paralelamente também comecei a “heartear” quartos na minha conta do WeHeartIt para me inspirar na decoração do meu quarto no Brasil. Aí já viu, né? A coisa ficou realmente séria e eu passo HORAS do meu dia fazendo isso. Acho que preciso de tratamento…

cat

Enfim! E como tenho uma séria paixão por filmes, séries, novelas e tudo mais que se tem direito, é ÓBVIO que eu tenho crushes por muitos quartos dos personagens da ficção, genxti. Acho que é muito porque eu realmente consigo ver muito deles refletidos na decoração e isso torna a atração mais “convincente”, entende. Espero que tenha entendido, porque não vou tentar explicar de novo não. :B

caham

Bom, chega de papo! Selecionei os quartos mais apaixonantes pra mostrar pra vocês! Quem sabe não é uma ajudinha para aquela inspiração que você tava precisando?

 

Anna

Quem aí não lembra desse filme sensacional com a rainha LiLo? Pra quem não lembra, ou não assistiu (duvido muito, mais VAI QUE), a Anna era uma rockeira maluquinha que adorava viver na privacidade do seu quarto.

Sempre fui fã desses quartos americanos que tem o teto mais rebaixado! É sempre uma oportunidade pra criar algo novo! A Anna, por exemplo, preencheu quase que toda a parede com fotos!

Além disso, mesmo ela tendo o estilo bem rocker, o quarto dela ainda trazia uma cor clara e um toque de feminilidade.

 

Aria1

Eu não sei vocês… Mas desde a primeira vez em que eu vi o quarto da Aria, eu simplesmente me APAIXONEI. Primeiro porque das Liars, a Aria é a com quem eu mais me identifico. Ela ama ler, escrever, fotografias… Além de ter um estilo bem eclético.

No quarto dela há livros espalhados por todo canto! A segunda coisa que mais tem são almofadas! De todos os tamanhos e cores, mas muito bem escolhidas. Acho que isso dá um mega ar de conforto. Fora as sobreposições das colchas da cama. Queria muitoooo.

 

Arnold1

PAUSA DRAMÁTICA! Sei que seus olhinhos brilharam agora, porque esse é o quarto dos sonhos de toda criança nascida na década de 90, gente! Eu era viciada no desenho do Cabeça de Bigorna e no quarto mais que sensacional dele! E esse teto de vidro que tem uma escada que leva ao telhado?

O quarto sempre foi objeto de desejo da galera. Não é à toa que um designer gráfico até desenvolveu uma versão mais realística dele! Dá uma checadinha na última imagem!

 

Aubrey1

Lembra daquele filme maroto que eu indiquei há umas semanas atrás, The First Time? Então! A Aubrey, personagem fofica, tem um dos quartos mais apaixonantes que eu já vi! Primeiro porque é azul, e todo mundo sabe que sou maluca por essa cor, né. Fora que a personagem é uma artista! Tá vendo aquelas ondas atrás da cabeceira? Ela mesma quem fez utilizando o recurso da foto-colagem (não sei se esse é o temo. Se não for, vai ser agora). Não é divino? Outra coisa que me chamou a atenção é a iluminação do quarto, que é bem fraquinha. Gosto muito <3

 

Carter1

Sei que já havia comentado sobre o quarto dela em um outro post…Mas e daí? O que é bonito a gente repete, né? Aliás, o que é essa parede feita de lousa de giz, por favor? Se eu não tivesse alergia, com certeza teria uma dessas! ~cry~ Outra coisa que eu também adorei foi a ideia de utilizar os piscas-piscas como varal de fotos! Dois em um!

 

Dinho1

Não sei quem acompanhei Malhação e se apaixonou pelo quarto do Dinho loucamente. O tema intergaláctico + aventureiro é muito a minha cara, aquela coisa de wanderlust, sabe? Teria muito esse quarto pra mim, sem mais.

 

DrakeAndJosh

E falando em quarto de menino, acho que ninguém consegue se esquecer do quarto monumental da série Drake & Josh, né? Sempre achei ele muito fora do normal pra quarto de adolescente, mesmo sendo o sótão da casa… Mas ok, isso não muda o fato de que eu queria a camona com a escada e esse super espaço livre (que mais tarde foi ocupado pela cama do Josh).

 

Ju1

Na mesma geração do Dinho, ainda tinha a Ju, uma It-Girl super estilosa. Acho que esse é um quarto que com certeza eu teria, gente. Sempre quis colocar a minha mesa nos pés da cama, acho que fica tão fofico, dá um ar diferente pro quarto. O detalhe que eu mais gosto no quarto dela é a árvore de madeira na cabeceira da cama, acho tão único, tão original. As cores do quarto também me agradam bastante. São chamativas, mas ao mesmo tempo tudo combina.

 

Sam1

Por último (mas não menos maravilhoso) o quarto mais amado dos últimos tempos. Eu não sei dizer ao certo o que me encantou no quarto da Sam: a junção do tecido lindo com os piscas-piscas, a mesa aproveitada com cavaletes (e que está super na moda), a máquina de escrever no lugar do que seria um computador (uma vez que a história se passa nos anos 80), os espelhinhos e molduras ao lado da cama ou essa bagunça organizada sobre a escrivaninha. Acho que tudo se encaixou lindamente, o que muito me agradou, porque eu não lembro se havia uma descrição exata do quarto da Sam no livro… Mas acho que não poderiam ter produzido algo mais original.

 

UFA! Nem eu sabia que eu gostava de tantos quartos da ficção, socorro. E aí, gente, qual o preferido de vocês? Conta pa nóis!

Blogs que eu leio #2

Em 16.07.2015   Arquivado em Inspiração

blogsqueeuleio

Quero dizer em poucas palavras para ninguém me odiar, porque eu juro que NÃO ESQUECI esse projetinho pessoal que criei de mostrar sobre o que gosto de ler pelas internets da vida.

Se você é novo(a) por aqui e tá sem entender do que eu tô falando, dá uma olhadinha nesse post! Aproveita e não deixe de conhecer os primeiros blogs que já indiquei por aqui! <3

Bom, a má notícia é que enrolei, a boa notícia é que nesse meio tempo conheci muitos outros blogs maravilhosos que virei leitora e já amo de paixão. E como adoro compartilhar o que é bão, vamos ao que mais interessa! *-*

 

Twee

Twee

Na verdade, esse é um dos primeiros blogs que conheci quando entrei na blogosfera. E assim que meus olhinhos se depararam com esse layout delicado e encantador, não teve jeito! Fui arrematada, cara. Tenho que ser sincera. Dentre tantos blogs que conheci ao longo dessa minha pequena jornada, nenhum faz eu me sentir do jeito que o blog Twee da fofa Mel faz. Os posts dela trazem uma simplicidade e uma delicadeza diferente pra esse mundo caótico, falando de coisas simples como a natureza e os detalhes fofos da vida que nunca damos atenção. Sempre que leio as palavras dessa fadinha, sinto uma paz danada no meu coração! Além disso, as fotos dela são as mais inspiradoras POSSÍVEIS!

 

Leite com Biscoitos

LeiteComBiscoitos

Conheci o Leite com Biscoitos tem pouquinho tempo, e como sempre, foi SUPER por acaso. O layout logo me chamou a atenção! Fala se não é uma fofura? Outra coisa que com certeza me fez parar para ler foi o nome, adoro essas coisas que remetem a algo do nosso dia a dia, além do quê, tem uma ótima sonoridade, é fácil de lembrar!

Se você quer um blog com bastante diversidade, esse é o lugar! A Monique fala de tudo o que você imaginar. Tira fotos MUITO criativas ~e muito bem tiradas, devo ressaltar <3~. Também fala de animes! Quem é fã vai adorar as dicas que ela dá, sério! E ah, uma coisa que gostei bastante foram os gamezinhos que ela sugere! Outro dia entrei no blog dela só pra isso, juro! hahahaha

 

Penúltimo Andar

PenúltimoAndar

Se tem um blog que adoro pra conhecer coisas novas e opiniões diferentes, é o Penúltimo Andar, da Raffa. Conheci esse espaço perfeito logo no começo também, e sempre que entro ele me surpreende cada vez mais! A Raffa tá sempre inovando no layout do blog! Sempre acho que tô entrando no endereço errado, até, porque sempre está mudando ~ficando cada vez mais lindo~. Adoro as dicas de livros e músicas que ela dá, acho que ela tem um gostinho bem parecido com o meu!

Isso sem contar os textos que nos fazem pensar e refletir, sejam fofinhos ou mais sérios.

 

1/4 de Café

1QuartodeCafé

Bom, acredito que muita gente deve conhecer esse blog, porque ele é sinceramente muito bem conhecido. Acho que é um dos blogs mais antigos que eu acompanho, muito antes de eu SONHAR em criar o Além do Meu Mundo. Aliás, quem gosta daqui deve agradecer a existência do blog 1/4 de Café, porque foi graças a ele que eu pude ver que existe espaço para textos e crônicas um blog. Eu tinha medo de postar minhas crônica e as pessoas ignorarem. Depois que vi que existem pessoas que gostam tanto quanto eu nesse blog, decidi que quando criasse o meu próprio, o que mais teria nele seriam crônicas! <3

A Mari escreve coisas realmente maravilhosas e de parar o coração, gente! Se atrevam a entrar no blog dela, juro que não é mentira! Mas não deixem minhas crônicas de lado, tá? 🙁 hahahaha Ela é tão boa que acaba de lançar seu primeiro livrooo *-* Tô louca pra comprar!

 

Marilices

Marilices

Esse é um blog que não conheço há muito tempo, mas achei ele tão original que logo ganhou espacinho no meu blogroll. Primeiro porque o nome Marilices já me encantou. Adoro ideias que brincam com o nome do criador, deixa aquilo ainda mais especial e único! No caso, o nome da blogueira é Marília, ririri. O que eu mais gosto do blog dela são os vídeos de culinária, que são super fofinhos e bem editados! Ah, também adoro as dicas de lugares pra comer, que ela chama de “Marilices Experimenta”!

 

Esses são os blogs amor que indico, minhas gentes! Não deixem de conhecer esses universos maravilhosos, garanto que não vão se arrepender!

 

E é claro, me contem o que acharam, se já conheciam e tudo mais! <3

Você já leu Imagines?

Em 13.07.2015   Arquivado em Inspiração

Imagine

Então, tu já leu alguma Imagine? Calma, não priemos cânico! Até poucas horas antes de escrever esse post eu também nem sabia do que se tratava esse termo.

Tudo começou porque… Existe uma área de busca aqui no Além do Meu Mundo, assim como em todos os sites do universo, que auxilia o leitor a reencontrar algum post ou até mesmo verificar se existe algum conteúdo pelo qual ele se interessa naquele blog. Eis que um(a) leitor(a) procurou por “mini imagine Ed Sheeran”.

Pensei “DAFUQUI É ISSO?”. Juro que pensei que fosse algum show dele, um evento chamado “Imagine”, SEI LÁ.

WTFtaylor

Aí, né. Fui pesquisar.

Achei pouca informação. O que eu mais achava, em si, eram Imagines de One Direction, mas assim… Não via nenhuma diferenciação entre fanfics e Imagines. Aquilo começou a dar um nó na minha cabeça. Pensei “Quando é que as denominações das fanfics mudaram e eu não vi, gente? Será que tô desinformada? Desatualizada? O QUE TÁ ACONTECENDOOO?”

whatshappening

Eis que resolvi falar com uma fonte mais nova que eu, e que eu sabia que vivia no mesmo mundo que eu, lendo fanfics. E aí, fez-se a luz!

Vamos à explicação? VAMOS.

Basicamente, a Imagine nada mais é que uma “categoria” das fanfics, e geralmente é utilizada para escrever algo relacionado a algum ídolo. Ela é escrita sempre em primeira pessoa, e esse personagem que narra não é bem descrito fisicamente. E tem uma boa explicação para isso: A história é escrita de forma que o/a leitor(a) seja aquele personagem, de fato.

Não entendeu? Tudo bem. Eu também não havia entendido no primeiro momento.

Vamos supor que eu estivesse lendo uma Imagine com o Ed Sheeran, que foi o que procuraram aqui no brógui. Em vez da personagem em primeira pessoa ter seu próprio nome (Ana, Maria, Cristina, whatever), toda vez que vier uma fala, vai estar escrito “V” de “você” ou qualquer outra denominação que indique que ali seria eu interagindo com o Ed. E quando o Ed estivesse se pronunciando a mim, onde viria o nome da personagem (Ana, Maria, Cristina, whatever), aparece “Seu nome”, ou algo do tipo que indique ele está falando comigo.

Explicada a parada, fui procurar alguma Imagine pra ler, pra conhecer, né? Afinal… Como eu ia escrever sobre isso aqui se não tivesse lido ao menos uma?

Confesso que foi meio estranho! Primeiro porque a maioria das Imagines que encontrei eram 1D e eu não sou fã nesse nível, muito menos do 1D. Aí achei uma fofinha com o Ed, uma graça.

Algumas são bem escritas, mas a maioria, como acredito que são feitas por meninas mais novas, acaba divergindo do verdadeiro conceito de uma Imagine. Muitas vezes, as autoras acabam colocando elas mesmas na história, o que perde o propósito de uma Imagine, e acaba se transformando em uma fic fora dessa categoria.

Eis que a explicação da minha fonte não parou por aí. Existem Imagines Hot. Acho que pelo nome já deu pra sacar o teor da coisa, né? Pedi pra que ela me enviasse uma pra eu ver como era. Gente. Cho-quei. Eu já tenho vergonha de escrever cenas +18 na minha fanfic e estou lutando bravamente para mudar isso em mim e fazer ao menos uma cena fofa… Aí li uma parada pesada que supostamente é para eu me colocar na história. CHOQUEI. Sério. Foi tipo:

EITA

Alguém aí já havia ouvido falar de Imagines? Já leu alguma? Conta tudo pra mim, porfa, quero saber mais, porque a minha experiência foi muito traumática! Hahahahaha

Quem sabe um dia, na vida, não faço uma Imagine? MAS FOFA, NADA HOT, JESUS.

 

Eu hein…

Projeto 6 on 6: Dia a Dia

Em 06.07.2015   Arquivado em Inspiração

chocolatequente2

Dia seis é dia deeeee… Projeto 6 on 6! *-*

Pra quem não sabe, estou participando deste projetinho com mais outros cinco blogueiros mara! Explico melhor no primeiro post, dá uma olhadinha aqui.

O segundo tema foi sugerido pela fofíssima Thaís Malta, do blog Cor de Cereja. Dessa vez a brincadeira tem o nome “Dia a Dia”. A ideia era documentar o mês com fotinhos de coisas que fazem parte da nossa rotina e que vemos todos os dias, como objetos, lugares, comidas, pessoas, ações. Se eu gostei? POUCO, né? Adoro detalhes. É o que mais encanta meus olhinhos.

Preparados pra ver um pouquinho do meu dia a dia em fotos? <3

escrever

vamosescrever3

Acho que a coisa que o que eu mais faço depois de respirar, é escrever. Faço freela pra revista, colaboro com um portal de músicas, escrevo crônicas, escrevo posts, escrevo fanfiction…! E sabe do que mais? Não me canso nunca. Espero que eu ainda possa realmente viver de escrever.

 

sobrerodas sobrerodas2

Sou a rainha dos transportes públicos. Trem, metrô, ônibus, trólebus… Fazem muita parte da minha rotina. E apesar das desvantagens, há uma vantagem que eu conto como o melhor que tudo: A oportunidade de observar pessoas, as manias, os olhares… Imaginar uma vida pra elas, me inspirar pra escrever crônicas! Pode ser bobeira, mas se você não tem contato com outros ares, isso acaba te “desinspirando”. Acho que esse é o maior motivo de eu ter tanta inspiração! Gostei do olhar lúdico desse menininho, e não pude deixar de fotografá-lo! <3

 

chocolate chocolate2

Tomar leite com chocolate pela manhã é como um ritual. Faço isso TODOS os dias desde que me entendo por gente. Antes era com achocolatado, mas como recentemente mudei minha alimentação, utilizo cacau em pó. E não importa a estação! Se está no verão, tomo com leite geladinho. Se está no inverno, tomo com leite quentinho. <3

 

leitura livross

Ler é o maior passatempo da minha VIDA. Só no ano passado inteiro eu li 31 livros *-* foi o meu maior record! Eu queria quebrar o meu próprio record esse ano, mas acho que não vou conseguir, chateadíssima! Leio all the time, sério, mas tenho dividido meu tempo com séries, filmes, blog, fanfics, freelas… Aí fica difícil!

Esse livro da fotinho é meu novo queridinho, e eu ainda nem terminei de lê-lo. AGUARDEM, pois uma resenha virá!

 

tapioca tapiocaa

Sempre fui fã de tapioca. Neta de baianos, com licença! Mas de uns tempos pra cá, essa comidinha veio a calhar MUITO na minha vida. Desde dezembro, entrei numa dietinha para perder peso e mantê-lo. Sim, consegui perder os quilinhos, e continuo a manter o peso lindamente! E pra quem não sabe, a tapioca é ume excelente alimento pra quem está em uma dieta, pois o organismo o absorve muito rapidamente, e ao mesmo tempo, seu corpo fica satisfeito! Como tapioca com queijo branco todo dia, muito amô! É tipo a hora mais feliz do meu diiiiia.

 

música musiquenha

Por último, mas não menos importante, a minha querida, amada e linda atividade: ouvir música. Já disse uma, duas, três ou até mais vezes aqui no blog que eu ouço música o tempo todo, e penso muito que a minha vida deveria ter uma trilha sonora para cada momento. Até me imagino como uma protagonista de série. Não riam. NÃO RIAM, tô vendo vocês rirem, pó parar com a zueira.

 

E aí, pessoinhas, gostaram do que rola no meu dia a dia? Acho melhor gostarem, senão soco todo mundo e ninguém mais brinca com a minha bola. Aquelas. Tentei fazer uma coisa bem detalhista e cheia de fofurinha. Leiam bem: tentei. É a vida. Ririri

 

BOM, pra quem tá gostando do projeto e quiser acompanhar o resto do grupinho que está publicando lindamente comigo, seguem os endereços:

 

Universo Múltiplo

Cor de Cereja

Daianne Possoly

Diário Colorido

Padrão It

 

That’s all, folks!

Playlist: Para aquecer o coração no friozinho

Em 24.06.2015   Arquivado em Inspiração, Música

vamover2

Se tem uma coisa que eu amo nesse mundo, é o frio! Além de achar que as pessoas investem mais nos looks e ficam divinamente maravilhosas, acho que o aspecto “cinza” que o frio provoca nos cenários me inspira mais ainda a escrever!

Mas sei também que o frio não é lá a coisa mais amada por todos. Dá aquela preguiciiiiiiinha que faz a gente não querer sair da cama e ficar quentinho vendo filmes enrolado na coberta, né?

Então fiz uma playlist bem fofinha pra vocês se sentirem melhor! Aliás, já pensou em ouvir essa playlist enquanto lê crônicas fofenhas? É bem bão, just saying!

Mais amor ao frio, por favor! Brrrr <3

Projeto 6 on 6: Por Onde Andei…

Em 06.06.2015   Arquivado em Inspiração

DivAndei

Felizona por finalmente ter chego o grande dia! *-*

Fui convidada para participar do projeto 6 on 6 com mais cinco blogs! Yay!

Pra quem não sabe do que se trata a brincadeira, vou explicar! Os seis blogueiros devem postar todo dia 6 do mês um tema que foi escolhido pelo grupo, sendo que cada tema foi sugestão de um integrante!

Estou super animada porque nunca participei de nada parecido, e pra mim vai ser super desafiador, já que os temas são bem criativos e diferentes! Mal posso esperar pra postar todooo o o oos!

Agora vamos ao que realmente interessa, folks! O tema de junho é “Por onde andei”, sugestão da digníssima Thay Dominick, do blog Universo Múltiplo. A ideia é tirar fotos de lugares que passamos durante o mês ou lugares que gostamos muito, mas mostrando apenas os pés. Aí, em cima da imagem deveríamos colocar o nome do lugar ou da rua em que a foto foi tirada para ter uma referência. Sensacional, eu sei! <3

Seguindo as regrinhas da Thay, aqui vão os lugares por onde meus pezinhos passaram nesse mês!

 

 

 

p2

Bom, pra quem não me conhece, eu comecei um projeto fitness esse ano, e venho praticado corrida de segunda a sexta nesse parque aqui da minha cidade. Então resolvi compartilhar essa fotinho, já que é algo que faz parte da minha rotina. O parque é maravilhoso, super arborizado, com fontes, laguinhos, parques infantis e o que mais você imaginar. É um lugar simplesmente incrível e estimulante para quem quer se exercitar.

 

l2

 

 

p3

Outro projeto que comecei esse mês com o meu namorado é o de conhecer melhor São Paulo. Afinal de contas, é uma vergonha morar aqui e não visitar os lugares mais maravilhosos da cidade. Eu já havia ido no Ibirapuera outras vezes, mas esse foi um dia mais especial, onde alugamos bicicletas, andamos por todo o parque e paramos para vislumbrar essa paisagem maravilhosa!

 

l3

 

 

p4

O lugar em si não é nada demais. Não é bonito, não é majestoso… É apenas o terminal da minha cidade. Mas pra mim ele é mais que especial, porque é a partir dele que vou para qualquer lugar. Para o centro, para São Paulo, para o céu! É aqui que tudo começa.

 

l4

 

 

p5

Não sei se vale repetir o local, mas não estou exatamente repetindo, né? Precisei compartilhar esse ato cultural que encontrei em meio ao Parque Ibirapuera porque achei simplesmente instigante!

Você tá passeando distraidamente, quando seus pés passam por uma “pintura” no chão. Você volta, curioso. Aí lê essa frase linda, levanta os olhos, e não tem como não sorrir e apreciar o momento, mesmo sem querer!

 

l5

 

 

p6

NÃO RIAM! Tudo bem, eu sou estranha. Aqui também não é um lugar especial, mas eu sou muito fã de decoração com matérias, e enquanto eu esperava meu namorado no provador, tirei essa foto na cabine ao lado. Faz parte do meu registro do mês, certo? Certo!

 

l6

 

 

p7

Pra ser sincera, não lembro o nome da rua, então não briguem com eu! Esse foi um dia chuvoso, como bem podem ver. Eu estava indo realizar o trabalho voluntário para o qual me inscrevi, e ele aconteceu durante toda a semana no Parque Ibirapuera. Por isso tem mais de uma foto do local. Resolvi dividir a foto com vocês porque AMO chuva e o efeito da sombra do guarda-chuva me encantou. <3

 

This is it! O que acharam? Gostaram? Odiaram? Aplaudem? Vaiam? Pode falar, meus amô! <3

Ah! Pra quem quiser acompanhar os blogs que também estão participando desse projeto maravilindo, aqui vão os links!

★ Universo Múltiplo

★ Cor de Cereja

★ Daianne Possoly

★ Diário Colorido

★ Padrão It

Receitinha: Bolo de Banana Integral

Em 27.05.2015   Arquivado em Off topic

OI, GENTE. Como fiquei sumida, não é mesmo? Peço desculpas, mas várias coisas aconteceram na minha vidinha que fizeram me desligar do mundo da internet por um tempo. Porém, entretanto, contudo, todavia, voltei! E voltei com uma receitinha que eu amo e que me ajudou bastante no começo do processo de emagrecimento. BOLO DE BANANA INTEGRAL!

banana_despicable_me

Amo doce, amo bolo, amo banana, amo bolo de banana. Minha fruta preferida, de longe, é a banana. Tem o ano inteiro e cai bem com TUDO. Bolo, açaí, pão integral (sério, amo banana no pão). Eu tinha algumas bananas bem maduras aqui em casa que já estavam bem passadas para serem comidas então decidi fazer esse bolo e mostrar pra vocês. É uma ótima opção para um lanchinho. Então, sem mais delongas, vamos a receita.

 

INGREDIENTES

ingredientes

★ 3 bananas

★ 3 ovos

★ ½ xícara de leite desnatado

★ 2 colheres de sopa de óleo de coco (acredito que margarina light também funciona, mas nunca testei)

★ 3 colheres de sopa de adoçante culinário

★ 1 xícara de chá de farinha de trigo integral (acha facilmente em mercados)

★ 1 xícara de chá de aveia

★ 1 colher de sopa de fermento

★ Canela em pó a gosto

 

MODO DE FAZER

modo

Bater 1 banana e meia e o resto dos ingredientes no liquidificador, menos o fermento, até obter uma massa homogênea (se precisar, desligue o liquidificador e raspe as laterais do copo com uma colher). Quando tudo estiver bem misturadinho adicione o fermento e bata pouco, apenas para incorporar na massa. Em uma forma média untada e enfarinhada (uso uma de silicone que não é preciso untar), coloque a massa. Por cima, adicione o resto das bananas cortadas em rodelas e salpique um pouco de canela. Assar por 30 minutos a 180 graus (essa parte eu nunca sei ao certo… fique de olho e faça o teste do palito).

Bem facinho, né? Uma pena que eu não consegui uma foto do bolo depois de assado, minha mãe cortou e não tirei a foto. Uma prova de que esse bolo é gostoso! Faz bastante sucesso aqui em casa. Hahaha. E vocês podem incrementar um pouco mais caso queiram! Colocar uvas-passas, nozes quebradinhas. Vai do seu gosto.

 

Gostaram da receita? Comentem para eu saber o que acharam!

 

Beijinhossss.

Dica de filme: Unbroken

Em 25.05.2015   Arquivado em Na tela

Unbroken-poster-1419281970289

Pessoas do meu Brasél, eu cheguei, e cheguei com uma dica pra lá de sensacional! Assisti Unbroken no final de semana, e simplesmente não pude parar de pensar em resenhá-lo para o blog. O filme mexeu comigo de uma forma inexplicável, tanto no sentido psicológico, quanto no sentido emocional.

Confesso que eu não esperava menos desse longa. Assim que soube da produção, já estava morrendo. Não vou dizer que era pela trama em si, porque eu realmente não conhecia a história, então vou dizer que foi por quem estava por trás de tudo isso. Angelina Jolie foi, nada mais nada menos, do que a diretora de Unbroken, galere. E pra quem pensou “Vish”, pensou errado. Porque essa mulher botou pra quebrar, sem brincadeira.

Outra pessoa que eu estava morrendo para ver era Jack O’Connell. Virei fã do Jack desde o primeiro momento em que botei os olhos nele. Isso aconteceu quando ele estava na pele do eterno e amado Cook, de Skins. Achei que eu seria meio suspeita e não saberia falar sobre a desenvoltura dele nesse filme, mas na verdade ele me surpreendeu muito além das expectativas, o que é muito bom.

Ok, ok. Chega de blábláblá, Nats.

Un1

O filme conta a história real do atleta olímpico Louis Zamperini, que foi convocado para servir o exército americano em plena Segunda Guerra Mundial.

Conhecemos um pouco sobre a sua origem familiar e a sua infância de uma maneira simples. Rapidamente vemos o rapaz rebelde ascender a vencedor olímpico na Alemanha de Hitler. Isso tudo é mostrado paralelamente a rotina de Louis como bombardeador na guerra.

Então, em uma missão de resgate de um grupo que havia dado como desaparecido, o avião de Louis e seus colegas sofre uma queda e cai no meio do oceano. E é aí que o bicho pega. Nosso protagonista, junto de dois amigos, acaba à deriva durante 47 dias. 47 fucking days perdido no mar.

Nosso psicológico começa a ser testado a partir desse momento do filme, em que acompanhamos Louis e seus amigos lutando bravamente contra condições adversas de tempo e necessidades fisiológicas.

Aqui você também vê o nível do elenco escolhido. No primeiro momento, não é possível dar valor a isso, porque os nomes não são lá tão conhecidos. Porém, no entanto, todavia, o show começa e você simplesmente prende a respiração ao notar a mudança física que O’Connell, Domhnall Gleeson e Finn Wittrock sofrem em pouquíssimo tempo para dar vida a Louis, Phil e Mac.

Un2

Você fica na sofrência, imaginando que nada mais pode piorar. Só que pode. A boa notícia é que eles são resgatados. A má notícia é que quem os resgata são apenas os inimigos: os japoneses.

Aí a coisa degringola de vez. Louis passa de náufrago a prisioneiro de guerra junto de outros milhares de soldados americanos em território japonês. O cara come o pão que o diabo amassou e sentou em cima quando ganha a atenção do sargento Mutsuhiro Watanabe (Miyavi), também conhecido como “Bird”.

A partir daqui você também precisa começar a ter sangue frio pra aguentar as cenas de agressão que Louis e outros personagens sofrem na mão do sargento Watanabe, porque as cenas são realmente fortes e agoniantes.

Un3

Você não consegue desgrudar os olhos da tela e tudo o que consegue pensar é: “Meu Deus, isso realmente aconteceu.” É uma mistura de angústia com admiração, porque Louis se mostra um ser realmente transcendente em todos os aspectos: humano, espiritual e intelectual. Ele é aquele cara que não se deixa vencer, não se deixa abater por nenhuma situação. São cenas que realmente arrepiam.

Un4

Unbroken é um filme baseado na obra real escrita por Laura Hillenbrand que PRECISA ser assistido.

Li algumas resenhas antes de escrever a minha própria, e uma delas falava que Jolie não alcançou a profundidade na hora de explorar as questões políticas e psicológicas do personagem. Eu discordo completamente. Há desespero. Há humanidade. Há drama.

Também li em uma outra resenha que não houve explicação para a invencibilidade do protagonista diante de situações tão extremas. Também discordo. Apesar de não ser algo que se bate na tecla muitas vezes, entende-se muito bem a inspiração de Louis no irmão mais velho.

Unbroken não é só sobre bom ritmo, belas imagens, boas fotografias e boa atuação. É sobre tudo isso e mais um pouco. É sobre uma história de sobrevivência, é sobre ascendência, é sobre fé.

Fecho a resenha com a frase que o Pete, o irmão de Louis, lhe disse uma vez:

If you can take it, you can make it.

(Se pode suportar, pode vencer).

louis

Assista ao trailer

5 coisas que eu quis ser

Em 15.05.2015   Arquivado em Inspiração

 

5coisas

Antes de começar, eu queria dizer que estou super feliz, porque é a minha segunda postagem participando do Rotaroots. Pra quem ainda não conhece, é um projeto que tem como principal objetivo resgatar a época de ouro dos blogs pessoais e que incentiva a produção de conteúdo criativo e autoral, sem ser clichê e principalmente, sem regras, blogando pela diversão e pelo amor.

Então podem imaginar a minha felicidade de estar participando de algo tão legal, né? Achei o projeto uma coisa maravilhosa, pois acho que minhas maiores queixas na blogosfera é a falta de criatividade e a vontade sem limites das pessoas de kibar o post dos amiguinhos.

hahabitch

Bom, achei esse tema super legal, porque apesar de eu saber desde muito novinha que queria ser jornalista, criança tem umas ideias muito malucas (e às vezes até absurdas) do que gostaria de ser. Eu sou uma pessoa com um imaginação muito aflorada, então um post que me faz remeter a quando eu podia imaginar coisas doidas sem ser julgada me deixou bem animada.

 

1. Garçonete Patinadora

garçonete

Eu nem sei se este é o nome da função, mas eu vou te dizer que eu era doida pra ser uma delas, pelo simples fato de ter que trabalhar usando patins! Podia ser garçonete ou até mesmo aquelas moças que andam de patins pelo supermercado para facilitar atividade entre caixa e algum lugar misterioso que eu nunca descobri. E nem adianta ler com cara torta, porque eu garanto que você que está lendo também já sonhou em andar de patins dentro do supermercado!

 

2. Caminhoneira

caminhoneira

Pode parar de rir, eu queria mesmo, tá? A ideia de poder viajar para vários lugares, pegar estrada, conhecer gente nova… Sempre me fascinou! É claro que quando eu era pequena, achava que um caminhoneiro viajava pra onde queria, sem destino certo! Mas era bom sonhar! Além do mais, ter um melhor amigo para fazer isso deve ser ainda mais divertido! Tipo no “Carga Pesada”. Eu ia querer alguém para dizer: “É cilada, Nats!”

 

3. Sereia

sereia

Quem nunca quis poder ter uma barbatana, respirar e enxergar debaixo d’água e ainda poder falar com os peixes? Sem contar a oportunidade de poder desbravar os sete mares, aqueles lugares onde nenhum homem conseguiu chegar sem nenhum equipamento… Aiai! (Opa, pera…! E não é que ser sereia virou profissão?)
Quando eu era criança e estava reunida com as minhas primas na chácara, sempre brincávamos de ser sereia! E era maior legal nadar fingindo que tínhamos cauda!

 

4. Bruxa

bruxa

Bom, diferente de muita menina que queria ser princesa, eu sempre tive um fascínio maior pelas bruxas, mas ficava super chateada de elas terem sempre que serem criaturas horrorosas, maldosas e odiosas. Nem toda bruxa era má! Lembram da Sabrina, a Bruxa Adolescente? E A Feiticeira? Poxa vida!

Então a gloriosa J.K. Rowling finalmente criou um universo para provar que poderiam sim existir bruxos bons e maus! Aí virou moda querer ser uma bruxa e eu pude viver feliz para sempre! Ririri

Ai, se eu pudesse facilitar a minha vida com simples feitiços! Acho que até hoje ainda gostaria de ser uma bruxa! 😡

 

5. Cantora

cantora

Toda criança que se preze já quis ser uma cantora/rockstar! E eu não fui diferente. E a vontade só aumentava ao ver Lizzie McGuire – Um Sonho Popstar, né, gente? Cansei de fazer performances no chuveiro ou em frente ao espelho com uma embalagem de desodorante servindo de microfone e agradecer os meus fãs ensandecidos. Mentira, eu ainda faço, ok?

eunobanhostone

Essa foi a minha lista de coisas que eu já sonhei em ser. Agora é sua vez! O que você gostaria de ter sido? <3

Sereias existem!

Em 05.05.2015   Arquivado em Inspiração

 

hannah-mermaid_sm

Calma, vocês não leram errado! E eu também não sou nenhuma maluca. Um pouco, talvez.

Às vezes me dá uns cinco minutos e eu saio pesquisando assuntos aleatórios que invadem a minha cabecinha. Comecei a pesquisar aqueles vídeos malucos e tudo o que podia sobre sereias. Não para provar a existência delas, nem nada. Apenas para saber o que tem por aí sobre o assunto. E essas andanças pela internet sempre nos trazem curiosidades super interessantes, né? Foi que aconteceu comigo, de novo.

Descobri que existem pessoas tão viciadas por essa coisa de “sereismo” que aderiram o tema como uma profissão!

Espera aí! Como assim, Nats?

São artistas que vivem de performances como seres aquáticos, fazendo aparições em filmes, séries, festas pessoais/corporativas! E acreditem ou não é uma profissão reconhecida! Dentre todos os profissionais, encontrei a mais famosa: Hannah Fraser (imagem de destaque). Ela é uma modelo completamente apaixonada por sereias conhecida por ter inventado essa nova vocação.

Hannah não só modela vestida de sereia, como nada com cauda com baleias, tubarões e tudo o que vocês imaginarem!

hannahmermaid

Hannah cria modelos incríveis de nadadeiras e viaja o mundo fazendo performances debaixo da água como sereia para filmes, séries, comerciais, eventos e campanhas de ativismo ambiental. Ela usa a ligação dela com o oceano para inspirar e educar pessoas sobre a importância da vida marinha.

Quer vê-la em ação? *-*

Esse é o site oficial da Hannah Mermaid . O vídeo de apresentação disponível lá é simplesmente INCRÍVEL. Dá uma bizoiada!

E aí, galere? Sei que é bizarro, mas não dá pra negar que dá uma pontinha de inveja maluca de poder experienciar, não é?

 

mermaid

Página 1 de 212
Translate »