Resenha: Antes Que Eu Queime

Em 02.06.2015   Arquivado em Livros

Resenha

Hoje vim falar de uma história diferente e que me enlouqueceu! Sabe aqueles livros que te ganham pela capa? Esse mesmo! Diferente de todos os livros que eu citei até agora, “Antes Que Eu Queime” é uma obra pouco conhecida aqui no Brasil, mas que não deixa de ter uma história incrível.

O livro é escrito pelo norueguês Gaute Heivoll e é um romance documental (uma obra de ficção baseada em uma história verídica) sobre uma série de incêndios que aconteceu em Finsland em 1978. Coincidentemente é o mesmo ano em que o autor nasceu, o que faz com que ele intercale sua história pessoal com um recorte de fatos históricos durante um espaço de tempo de 20 anos.

De uma forma atraente, ele consegue cruzar dados reais com ficção sem que aquilo parecesse uma coisa bizarra e sem sentido.

Na trama, você acompanha a história de um menino tímido que certa vez ouve de sua professora que ele tem um incrível dom para a escrita e anos mais tarde… Adivinha! Ele vira escritor! Depois, entra na busca louca de reunir todos os dados para documentar aquilo que se passou. Você percebe que apesar do foco central serem os incêndios, tudo gira em torno do “escrever a história”. Então, voltamos no tempo através de flashbacks que reconstroem o seu passado e a história dos incêndios misteriosos.

antesqueuqueime

Apesar de não ser fã de cidades pequenas, adoro livros que trazem esse tipo de cenário, principalmente quando se trata de resolver algum caso de investigação, pois de alguma maneira, todos os personagens se conectam e lhe dão a resposta. E na pequena vila de Finsland não é diferente. Um é professor de outro, que é amigo de outro, que é vizinho de outro… É uma rede que se forma e você fica doido. Cada hora você acha que o culpado é um!

E se você é como eu, que ama histórias bem ambientadas e super descritivas, vai se APAIXONAR por essa obra, escuta o que eu tô te falando, mermão. Chega momentos em que você consegue imaginar com detalhes absurdos os cenários que o autor cita.

Gente, o Heivoll é simplesmente um gênio. Eu nunca li nada parecido com esse livro. Ele conseguiu, com maestria, fazer com que a própria história dele fosse tão importante quanto os fatos que assombraram o sul da Noruega. O livro é bão, pessoas, de verdade. Não é à toa que ganhou o Prêmio Brage 2010 (Noruega).

Com isso, eu concluo essa resenha apenas com uma dica:

ReadTheBook

E não esquece de me contar depois!

 

“[Este livro] é baseado no que aconteceu, mas ao mesmo tempo foi escrito no espaço livre entre a realidade e o sonho.”

Gaute Heivoll

Leia um trecho de “Antes Que Eu Queime”!

  • Raffaela Pacifico

    Em 02.06.2015

    Oiii Nats, tudo bem? Eu nunca tinha ouvido falar desse livro e pela sua resenha me parece ser muito bom, mesmo. Eu amo histórias descritivas e de investigações pois sempre tento adivinhar quem seja o culpado, adoro isso. Então você me deixou com uma vontade imensa de lê-lo, rsrs!

    Beijo 🙂 http://penultimooandar.blogspot.com.br/

Translate »